Delícias de Araxá

Cidade de nome indígena - "local onde primeiro se avista o sol" - Araxá é privilegiada pela natureza com suas inúmeras riquezas.

Maurício de Castro Rosa
6 período de Jornalismo


Comer bem é um privilégio de quem visita Araxá. Sua culinária recebeu influência dos índios, dos primeiros colonizadores portugueses e dos tropeiros, uma característica da boa comida mineira.

Araxá recebeu ainda, influência dos imigrantes italianos, espanhóis, árabes e franceses. Com a implantação do Grande Hotel a transferência de ensinamentos de seus chefes de cozinha, a comida caseira araxaense foi temperada com requintes da comida internacional, tornando-se conhecida pelo seu sabor inconfundível. As quitandas, os conhecidos biscoitos e bolinhos servidos no lanche, principalmente os doces e queijos de Araxá, seduzem a todos.

Os doces de Araxá são famosos em todo Brasil, a fabricação caseira de compotas, balas, cristalizados, acabaram tornando-se uma atração dando água na boca de quem visita suas instalações.

O clima favorável, solo rico e fértil, região grande produtora de leite e queijos e muita fartura de frutas tropicais favoreceram o desenvolvimento na produção de doces na região, somando a cultura e costumes de fabricação que eram passados de geração para geração. Os doces de Araxá aos poucos começaram a serem comercializados entre vizinhos e amigos posteriormente conquistaram uma maior clientela, ganhando uma dimensão para produção em maior escala, atendendo turistas que visitam a cidade e encomendas para todo Brasil.

Os doces caseiros de Araxá conquistaram tanta importância que alguns doceiros de Araxá reclamam que alguns fabricantes de outras regiões, fabricam seus produtos e colocam nome de doces de Araxá para garantir a venda, enganando os clientes e colocando em risco o nome dos produtos de Araxá. Existe um estudo para criar um selo de garantia dos produtos de Araxá para evitar estes problemas.

A riqueza da culinária de Araxá pode ser encontrada em livros de receita; "Araxá Põe a Mesa" são 4 volumes irresistível para quem saboreia estas delicias, oferecido pelos restaurantes da cidade.

Araxá Doces, Delícias da Vovó, Docebom, Doces Caseiros Dona Zefa, Doces Dona Ana, Doces Cecília, Doces e Temperos Caseiros Dona Joaninha, Goiabada Caseira Dona Geralda, Licores Caseiros Olívia de Oliveira, Neuza Guimarães, Doces Caseiros Arachás e Rei do Queijo são alguns dos principais fabricantes das delícias de Araxá

Joana D´arc Almeida, conhecida como Dona Joaninha é uma grande e tradicional produtora de doces em Araxá. Dona Joaninha começou a produzir Doces para comercialização em 1970, sua especialidade são os doces em compotas. Ela produz em torno de 1500 compotas por mês, a produção é feita em sua própria residência, com um processo totalmente artesanal, utilizando tachos de cobre, sem conservantes ou corantes. O sistema de esterilização é através de água fervendo (vácuo) dando uma maior conservação dos doces. Dona Joaninha afirma que o que garante uma maior qualidade de seus doces, é não adicionar amido , fermento e outras misturas que prejudicam o sabor.

Os Doces Joaninha são comercializados em sua loja montada na própria residência junto com a fabrica e também em vários pontos de venda da cidade, sendo distribuídos para várias cidades e estados

 

Especial comida mineira

 


subir