Poluição visual:
mais grave do que se pensa

Problema é relegado a segundo plano porque suas
consequências são mais psicológicas que materiais

Wagner Ghizzoni Júnior
5 período de Jornalismo

Quando falamos em poluição, logo nos vem a mente as fábricas jogando esgoto nos rios, os carros enfumaçando o ar e as plantações cheias de agrotóxicos. Quase ninguém se recorda de dois tipos de poluição que causam graves males à saúde: a poluição sonora e a poluição visual. O técnico-químico e biólogo Walter Ambrósio da Silva, chefe da seção de Fiscalização do Meio Ambiente da Seplam (Secretaria Municipal de Planejamento e Meio Ambiente), define esses dois tipos de poluição como tudo aquilo que agride a nossa sensibilidade, influenciando nossa mente, sobrepondo o psicológico sobre o físico.
Este tipo de poluição é a que menos recebe atenção por parte do governo e das pessoas em geral. Em Uberaba, a Seplam tem atitudes não muito diferentes do restante do mundo. O problema preocupa, mas é relegado a segundo plano, talvez por que suas consequências são mais psicológicas do que materiais.
O técnico-químico explica que não há uma regulamentação sobre poluição visual, algo como, por exemplo, a quantidade máxima de out-doors num determinado espaço. "Já existe uma legislação nova do Meio Ambiente nesse sentido, mas nada regulamentado, as dificuldades são muitas porque se dá mais atenção às demais poluições", conta ele.
Mesmo assim a Seplam de Uberaba toma diversas providências para reduzir esse problema. Um dos pontos que vem sendo combatido é o dos entulhos nos terrenos baldios. "Os restos de materiais de construção são jogados, indiscri-minadamente, na entrada da cidade, ou mesmo no centro. Aquilo além de um impacto visual tremendo, traz outros malefícios, como roedores e insetos", explica Walter Silva. Para minimizar este problema a Seplam em conjunto com a Secretaria de Obras, está fazendo um mapeamento nos pontos mais críticos para, posteriormente, aplicar multas nos responsáveis pela sujeira. Se a responsabilidade for de empresas de caçambas de entulho, elas poderão perder a concessão do serviço. O entulho recolhido pela prefeitura em terrenos baldios é reciclado e retorna como novos materiais de construção utilizados pela administração ou distribuídos para a comunidade
.

 

Out-doors

O barulho mora ao lado

Medindo o ruído

O local de reclamações.

VOCE SABIA?


subir